h1

Desmoronamento

agosto 13, 2010

I.

Uma hora ou outra ele aparecerá
Não é preciso fazer nada para atraí-lo
Me imagino sentado, pensando nas mulheres,
E de repente um tapa no ombro e pronto

Lá esta ele ao meu lado!
Provavelmente irei molhar as calças…
E se eu lhe der as costas, sem nem pensar duas vezes,
Será somente devido à minha falta de caprichos

II.

Sem nada dizer, seu olhar cresce
E aquilo que parecia ser a luz dos seus olhos,
Domina tudo em volta

Seu corpo me lembra mais o de um felino
E teu movimento de gato me assusta
Fico em um estado de alerta que nunca sentira antes

E o mundo revela um estranho equilíbrio
Onde não há nada que possa ser acresentado
Nem nada que possa ser subtraído

Anúncios

2 comentários

  1. se o inevitável é inevitável, não tema…


  2. Eh… acontece que sempre quero ser o senhor de todas as situações



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: