h1

Estratégia

janeiro 13, 2010

Forças da vida que me dominam livremente…
Pro inferno com os meu caprichos!
Quem sou eu para resolver o que é importante?
O que eu sei a respeito das forças que experimento?

Esta na hora de repeitar tudo e de não espezinhar nada
Posso não ser um parceiro dócil,
Posso não estar disponível,
Mas pode ter certeza de que eu sei o que estou fazendo

Sei que espero e sei o que espero
Não me importo com os significados
Nem vou ficar dando bobeira

“— Não é possível viver estrategicamente o tempo todo — respondi.  Imagine que alguém o esteja esperando com uma carabina possante, de mira telescópica. Ele poderia avistá-lo com precisão a cem metros de distância. O que você faria?
Dom Juan olhou para mim com um ar de descrença e depois deu uma gargalhada.
— O que você faria? — insisti.
— Se alguém me estiver esperando com uma carabina de mira telescópica? — disse ele, evidentemente zombando de mim.
— Se alguém estiver escondido, à sua espreita. Você não terá uma chance. Não pode deter uma bala.
— Não, não posso. Mas ainda não entendi o que você quer provar.
— Quero provar que toda a sua estratégia não o pode ajudar, numa situação dessas.
— Mas pode, sim.  Se alguém estiver à minha espreita com uma carabina possante de mira telescópica, eu simplesmente não vou aparecer.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: