h1

Náufrago

janeiro 8, 2010

Me movo na água encoberta pela neblina
Resultante do seu fervilhamento
Bolhas de água explodem e me envolvem…

Não vou me entregar a nada!
Nem mesmo à minha morte!
Hoooowwwww????

Pego carona em palavras que vêm das profundezas
E me carregam para a superfície
Eu sou parte da água em que naufrago
E o mundo é uma bóia em que me agarro

Minha voz parece mais um cachorro uivando
E alguém uiva de volta:
“Hoooowwww, qui-qui-qui-qui, hahahaha”

A água ferve em bolhas e eu as acompanho…
Me fixo em uma e passo a flutuar com ela
Mas há uma voz metálica vinda de um auto-falante…

Vou de encontro a uma parede de concreto
Uma quantidade imensa de água me engolfa
Fazendo um imenso barulho que cessa instantaneamente
Só me deixando essa sensação de sono

É a água que me envolve novamente
Deixando uma pergunta:
Em que direção eu flutuava?

Anúncios

2 comentários

  1. How?? Nao tem como fugir… uma vez envolvido.. e para sempre…


  2. How é uma pergunta que ainda não respondi. Talvez consiga responde-la com palavras mas isso esta longe de ser suficiente. How? Como?
    Como se manter na superfície do mundo, interagindo conscientemente com a realidade?
    Como enxergar as margens do rio, que mostram o caminho que me levará ao mar?
    Como resistir ao baque de inevitavelmente sair das margens e me chocar com um muro que separa nossos caminhos e, ainda assim, resistir sem me afogar em mim mesmo novamente?

    How?



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: