h1

agosto 6, 2009

pena de pato

Quero ser leve!
Quero ser fluido!
Quero ser desimportante!

the_jocker

II. Nós somos os palhaços

O mundo é sempre o mesmo. Nós é que mudamos a maneira de olhá-lo. Mas somos palhaços de nós mesmos… estamos continuamente nos tapeando, achando que o mundo e o que dele faz parte é algo que, na verdade, não é.  E é nesse engano que reside todo o nosso desperdício.

l09_p09_01624

III. A ideia da morte
— Desde que resolveu vir ao México, devia ter deixado de lado todos os seus receios mesquinhos — disse ele, muito severo. — Sua decisão de vir devia tê-los vencido. Veio porque quis. É assim que agem os guerreiros. Já lhe disse várias vezes: o meio mais eficaz de se viver é como guerreiro. Preocupe-se e pense antes de tomar qual­quer decisão, porém, uma vez tomada, siga seu caminho, livre de preocupações e pensamentos; haverá mil outras decisões ainda à sua espera. É assim a maneira do guerreiro.
— Acredito que eu faça isso, Dom Juan, pelo menos parte do tempo. Mas é muito difícil ficar-me lembrando.
— Um guerreiro pensa em sua morte quando as coisas se tur­vam.
— Isso é ainda mais difícil, Dom Juan. Para a maioria das pessoas, a morte é muito vaga e remota. Nunca pensamos nela.
— Por que não?
— Por que pensar?
— Muito simples — disse ele. — Porque a idéia da morte é a única coisa que modera os nossos espíritos.

Anúncios

5 comentários

  1. seja, apenas.


  2. Segundo a teoria dos inversos (que nao tem esse nome, eu inventei agora), mas geralmente quando declaramos algo, queremos o inverso.
    Examine-se bem no fundo, e veja o que voce quer.

    Continue. Devemos continuar.
    Ok?


  3. ok, continuamos! até mesmo aqueles que não estão mais conosco também continuam, pode ter certeza!
    só achei essa sua teoria um pouco bizarra demais, rsrs! mas o convite de se examinar a fundo não pode ser recusado, afinal, é exatamente vendo o que queremos que conseguimos encontrar os meios para se atingir o objetivo. Quando não se sabe ao certo o que se quer parece que ficamos meio apáticos, sem saber como agir.

    Continuamos!


  4. “e a felicidade é como pluma…”


  5. a felicidade é escolha



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: