h1

Medo

junho 28, 2009

Os objetivos nunca são claros no começo
Propósitos cobertos por fumaça
Intenção vaga
Recompensas que nunca se materializarão

Logo seus pensamentos entram em choque
O que se aprende nunca é o que se imaginava
E o medo começa a crescer impiedosamente, sem ceder
E o meu propósito se torna um campo de batalha

O Medo permanece oculto em todas as voltas do caminho
Um inimigo terrível, traiçoeiro, rondando, à espreita
Sigo sem fugir dele
Não serei um homem vencido

Tenho medo
Mas não paro
Meu propósito se torna forte
E, aos poucos, vencerei o medo derrepente

Anúncios

3 comentários

  1. coragem não é ausência do medo. é ter medo e ir em frente. o medroso que segue adiante é corajoso. quem não tem medo algum, é louco…


  2. Perfeito.. Obrigada pela visita!


  3. é preciso vencer o medo, ficar livre dele pro resto da vida…



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: